Ao atingir 20.000 apoios, a ideia se tornará uma sugestão legislativa e será debatida pelos Senadores.


É possível votar com com a senha do Facebook sem necessidade de preencher formulário ou cadastramento no site do Senado.

Encontra-se disponível no site do Senado, espaço e-Cidadania, uma consulta pública sobre a criação da data-base para os servidores públicos. “CUMPRA-SE o art. 37 da CF: garantia de DATA-BASE aos servidores públicos”, diz o enunciado da enquete. “Ao receber 20.000 apoios, a ideia se tornará uma Sugestão Legislativa e será debatida pelos Senadores”, explicam os organizadores.

O Sindojus-DF recomenda os servidores a também acessarem a consulta pública e deixarem seu apoio. Para isso, acesse ESTE LINK, leia com atenção o enunciado e, em seguida, clique na barra APOIO (em verde, à direita do enunciado). Quem for cadastrado, basta digitar o seu e-mail e a senha registrada. Se ainda não for cadastrado, registre-se e, em seguida, manifeste o apoio. É POSSÍVEL TAMBÉM VOTAR COM SEU LOGIN E SENHA DO FACEBOOK.

O que é data-base?

A explicação está na própria consulta do Senado: “No Brasil, a data-base é cumprida pelo setor privado e a inexistência de regulamentação para os servidores públicos corrói salários, congela benefícios e precariza condições e serviços prestados. Aos trabalhadores do serviço público, a data-base é garantida pelo artigo 37 da Constituição Federal-STF. ‘Data-base’ é a data ANUAL em que os trabalhadores, organizados, buscam o reajuste salarial, a manutenção de benefícios e a obtenção de outros, enfim, trata-se de um instrumento jurídico que dá aos trabalhadores a possibilidade de reposição salarial”.

Sindojus-DF: Com informações do Sitraemg

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top