Como todos sabem, a última parcela da nossa recomposição salarial será implementada daqui a um ano, e nós precisamos já estar com outro PCS aprovado e incluído no orçamento para não sofrermos os efeitos deletérios da inflação. 

Ademais, uma das entidades que representa parte dos servidores do Poder Judiciário da União apresentou uma proposta de PCS ao STF sugerindo reajustes diferenciados para as carreiras de servidores do PJU e com reajuste menor para os Oficiais de Justiça, o que é inaceitável. 

Importante ressaltar que os Oficiais de Justiça já foram prejudicados em duas das últimas recomposições salariais por uma opção inadequada de elevação do percentual da GAJ ao invés do vencimento básico. Assim, nesse momento o mínimo que se espera é um reajuste capaz de recompor o poder de compra dos vencimentos para todas carreiras do Judiciário. Isso envolve a incorporação da GAJ ao vencimento básico e reajuste linear em relação aos demais cargos, além da inclusão na lei de mais alguns pontos importantes para os Oficiais.

Por essas razões, é que a Diretoria da UniOficiais criou um Grupo de Trabalho composto por Diretores para receber propostas e propor uma minuta de PCS que atendam aos anseios da categoria dos Oficiais de Justiça Federais.

Assim, nós da UniOficiais convidamos todos os Oficiais de Justiça filiados a nos enviar propostas para o próximo PCS. 

As propostas dos Oficiais devem ser enviadas para o e-mail pcs.unioficiais@gmail.com até o dia 16/02/2024 e não precisam ter a forma de redação de artigo de lei. O mais importante é captarmos o sentido do que os colegas desejam. 

A redação final apresentada pela Grupo de Trabalho será analisada por uma assembleia geral a fim de que a base participe diretamente do processo de construção do Plano de Cargos e Salários. 

Vamos juntos construir o melhor plano possível para buscar a real valorização dos Oficiais de Justiça. Não aceitaremos qualquer tipo de tratamento que menospreze o nosso cargo.

Diretoria da UniOficiais

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top